quinta-feira, 10 de julho de 2014

Dear Zé


Para toda a minha vida é um conceito de tempo enorme. É muito tempo! Não sei se poderei esperar, se o saberei fazer. Apenas sei que é por muito tempo que eu vou-te amar...

Ontem comprei O anel. Tenho-o aqui à minha frente. É lindo... acho que gostará...(não há cá trocas, azar!)

Está tudo pronto. Não minuciosamente preparado, mas está elaborado.
Mais coisa, menos coisa, zarpamos para Lanzarote, e lá, de joelhos, a teus pés, completamente rendido e desarmado pedir-te-ei para ficares comigo para toda a minha vida... obviamente que não perderei a ocasião e já que estarei de joelhos faço-te um baita dum minete que será impossível recusares seja o que for! Será assim uma espécie de treino para o momento: (...) e agora pode levantar o véu e beijar a noiva. E beijo-a... lambo-a... chupo-a... ok! Menos, Zé! Menos! - dirão vocês, mas um gajo tem de se distrair para esconder o nervosismo.


...


Para toda a minha vida é um conceito de tempo quase eterno para este blogue. É mais do que muito tempo, e aqui, neste espaço virtual o tempo é tão curto que seria aborrecido por demais terem-me assim por tanto tempo.
Não porque eu sei que vou ter a eterna aventura de viver ao lado teu por toda a minha vida! Não! Não é por isso, mas simplesmente porque aqui o meu tempo acabou... Vá, não dramatizem! Eu sei que só cá vinham para marcar ponto, mas não se esqueçam daquilo do tempo, como em tudo o resto, também aqui as lembranças são curtas, de maneira que daqui a uns dias já não se lembrarão do Dear Zé.
Peço desculpa se de alguma forma, em qualquer momento fui menos agradável, mas acreditem que sempre foi meu propósito de que a diversão fosse partilhada.
A todos, não de forma igual, obviamente, (seria pouco sincero dizer isso, e como nunca aqui andei para fazer o gosto, não seria agora que o faria), o meu obrigado pela partilha!
Em especial, e por ordem de leitura no reader:

Mr JM, nunca to disse, mas acho que agora deves ter percebido, fui ao 6º andar e estou irremediavelmente condenado!

Sol, a eterna apaixonada. Beijinhos, beijinhos!

M4rciano, o bom gosto e perfeita combinação entre algumas das melhores coisas que temos no mundo: Mulheres e Música. Excelente trabalho! 

SM, boa sorte, rapaz,  noites felizes e sossegadas! Hehehe

R., companheiro... ahh, saudades daqueles posts de anafadas trocas de comentários!

Primaço, valeu a experiência, as histórias, a sabedoria, as gargalhadas, as receitas culinárias, a partilha e a alegria com que me brindaste. Obrigado!

IPC, a minha preferida, a que melhor sabe escrever o sexo... sempre doce, intensa e sem nunca cair na vulgaridade! És um tesão, no sentido exacto do significado!

BC, gostaria de ter lido o Lado A...

nAninha...

Pseudo, tens um feitio dos diabos, mulher!  Vou a Braga daqui a uns dias, ainda se mantém o convite para café???? :)))

A sócia Chata da Pseudo Minhota, mas que belo par de jarras fazeis! Essa coisa de ser vermelha, é mesmo feitio, não é???!!!

A Minha Riscada... adoro-te miúda!

Joaninha, das minhas mais anónima, por não teres blogue, mas mais manifesta comentadora, o que é uma grande contradição, mas tão verdade, e tão bom que foi ler os teus comentários. Beijo!


Não é um adeus, é apenas uma porta que se fecha para logo a seguir abrir uma janela , pois já estou a pôr mãos à massa para um novo "EU", because: I keep wondering, how many people you need to be, before you can become yourself?...


"Façam o favor de ser felizes!"












(sócio, é todo teu, pois acho... acho que já não volto!)


37 comentários:

  1. Anónimo10.7.14

    o que eu já me diverti com essas peripécias do 6º piso entre ti e o JM da elasticidade do tempo, esse malandro. saudades, querido Zé. espero pelo novo "eu". teu, queria eu dizer.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É das coisas boas que a blogosfera tem: a diversão! E ainda por cima há a vantagem (ou não) do anonimato! :-)
      Obrigado! Vemo-nos por aí:-)

      Eliminar
  2. Dear Zéeeeee!!! Está por lá...o Lado A, digo! A nossa "convivência" foi curta mas boa, prazerosa como se deve e por isso, desejo-te muita felicidade, tudo tem o seu tempo...Beijoca grande "mon Ami" :)))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda que esteja, pois por mais que queiramos esconder-nos anda sempre por lá a essência, foi ou é deveras tímido esse lado A:-)
      Foi bom, sim!
      Bisous, Mlle.

      Eliminar
  3. Ah, mas o caminho não é o destino!

    Bom caminho, Zé. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahh, por momentos parecias o jovem Sidarta a falar para o seu amigo Govinda! Mas naquela fase em que conheceu a bela e majestosa e boazona Kamala! :-)

      Obrigado!

      Eliminar
  4. Zézito corazon calentito, beijinho com carinho!
    Precisando, sabeis como me chamar, não precisando também!!
    Adorado Zé!
    :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Precisando ou não sabeis que estarei sempre. Mesmo! Mesmo! Ainda que chegue atrasado:-) e também sabeis onde!
      Beijo com sabor a mar, minha Riscada!

      Eliminar
  5. Vemo-nos por aí. Um grande abraço, amigo :-)

    R.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E que seja para toda a vida, seja lá quanto tempo isso for :-)

      R.

      Eliminar
    2. Vemos, sim!!
      Um abraço, companheiro!

      Eliminar
  6. É tão bom encontrar O amor...seja em que andar for ;-)

    Sê feliz! Até Sempre...

    Beijo *Estrela*do*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, doce Estrela!
      Até um dia... :-)

      Eliminar
  7. Anónimo11.7.14

    Ahahah, tu?! Tu assim coisa por toda a vida?! Ahahah andas a meter te nos copos?
    Doido!
    Tudo de bom, moço! Sê feliz!
    A.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hehehehe, e fala o roto para o nú! Não é sua trenga????!!! :))))
      Obrigaaaaado! :-)

      Eliminar
  8. Anónimo12.7.14

    Obrigada por tudo, ainda que o tudo fosse pouco.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Antes demais, uma breve ressalva: curiosamente, neste post de despedida tenho sido assaltado por uma onda de anónimos(as). E quase como um fulano que está com os pés para a cova, e os credores a bateram-lhe à porta, aqui as tenho a acenarem-me o lenço. Uns brancos e outros mais escuros ou coloridos!:-) e depois penso: terei sido assim tão mau???!!! No caso daquelas que não choram a partida, claro!

      Bom, carissima anónima, fiquei com a leve sensação de que falhei, mas por outro lado penso: hummmm, isto tem áreas de comentario de mulher casada, pois só elas reclamam! É o síndrome do homem ausente. Ohhh, como eu sei...
      De qualquer forma, e uma vez mais, resta-me lamentar a minha falha. Prometo que, na minha próxima encarnação, esforçar-me-ei para melhorar!

      Eliminar
  9. Não foi por falta de aviso, Zé, não foi por falta de aviso...

    Felicidades!
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E não foi porque eu não tentasse resistir! Anos a fio, no sobe e desce, entra e sai....
      Obrigado, Mr! E olha, não estiques demais, atenção...! :)))
      Abraço!

      Eliminar
  10. Anónimo13.7.14

    Gosto da tua frontalidade. Bem haja essa tua forma de estar.
    Saudades deixas e com ansia fico de te voltar a ler, mesmo que seja outro.
    Beijinho. :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, minha querida! Já eu, fico é na ânsia de tentar saber quem elas, as anónimas, são!:-)

      Eliminar
  11. Beijos, grandes e diversificados, acompanhados de um abraço, com carinho :-)

    "Ser Feliz", é o letreiro por cima da janela........

    "Até ao infinito e mais além!"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E ficas desde já nomeada como a minha Buzz Lightyear!! ( sim, vi os todos, não tantas vezes como os meus sobrinhos, mas admirava me a sua capacidade de rir exactamente com a mesma vontade, nas mesmas cenas, mas pela enésima vez:)))

      Gostei do abraço! :))
      Beijo!

      Eliminar
  12. Ai homem caraças...que agora é que é! Não vásss.... que tenho já saudades tuas! Mesmo.

    Gosto-te. Espero que a vida te sorria, sempre. Que sejas feliz. E que voltes. Um dia.

    Beijinho grande, enorme.

    Sol

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E nós, já estamos conversados, certo?! :-)
      E acho que é uma coisa boa, ser se eterno apaixonado...:))
      Obrigado!

      Eliminar
    2. Sim, estamos :-)

      Eu também acho, mas achei piada...foi só.

      E volta....beijinho

      Eliminar
  13. Vou de férias e quando volto dou com isto??? Não gosto, não posso gostar! :))
    Já deixas saudades, volta rápido!
    :)))
    Beijos imensos :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso e as facturas, quando voltamos a casa, e vemos a caixa de correio! :))))
      Gostei dessa imensidão nos beijos, ainda por cima, eu, que sou um gajo imensamente sensível a certas palavras! :))) isto dito com uma única intenção, não há cá segundas nem terceiras intenções! :)))
      Deixa me ir de férias e depois... logo se vê!
      Beijo ( com a devida e merecida imensidade ).

      Eliminar
  14. Zé, sou "fresca" nisto dos blogues, foi com muito prazer que te comecei a seguir através da amiga Sol e é com muita pena minha que vejo-te chegar ao fim desta etapa, mas fico contente por saber que daqui a uns tempos possas voltar noutra identidade, a ver se depois te descubro :))

    Beijos da Star

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fresca????!!! Naaaaahh :))))
      Obrigado minha querida, cá nós encontraremos, certamente!
      Beijo:-)

      Eliminar
  15. Anónimo18.7.14

    Onde estás? Onde vais? De quem foges?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Em casa. Vou jantar, não sei ainda onde mas apetece me francesinha, com montes de batata e afogado em molho. Do Passos e do seu gang. :-)

      Eliminar
  16. Anónimo22.7.14

    Lanzarote????!!! Então e Baiona??? Não atracas lá este ano????
    A.C.

    ResponderEliminar
  17. Anónimo19.8.14

    Primaço!!!
    Eu sabia que o sexto andar daria cabo de ti...
    Agora não há como fugir, melhor é atirares-te de cabeça (pra cima dela, não do sexto andar, caralho!)
    Olha, e já que a coisa se deu, aproveita-a e sê feliz. E como diz o meu sócio lá em cima, a vida dura enquanto durar, e se enquanto durar for bom, faz-te a ela (à do sexto andar e à vida).
    A gente "vê-se" por aí...
    Abraço!
    E olha, se quiseres mais manjares bons, apita!

    ResponderEliminar
  18. Anónimo1.9.14

    Volta Zé! Temos saudades tuas... :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh Anónimo, que falta de chá!

      Até parece que estou a fazer um serviço de merda... Não me faça ficar mal à frente desta gente toda!

      Eliminar
    2. Anónimo9.9.14

      Oh Rafael, que falta de segurança! :-)
      Meu querido, o facto de sentirmos falta do Zé, não impede que gostemos de ti.
      A mensagem que deixei, num post do Zé, foi um s.o.s. e uma tentativa de saber notícias dele....
      Beijinho :p
      Inês

      Eliminar