quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Actualizando 1 de... ainda não sei quantas.



Hoje fiz uma viagem ao passado. Não! Não fumei nenhuma broca... isso são viagens do passado. Hoje lembrei-me da avenida que, por anos e anos seguidos, me passeei todos os dias durante o período de férias. Lá ia eu, um jovem imberbe, toalha debaixo do braço, boné, às vezes, a bola de volei, calção e chinelos. A meio do caminho havia um quiosque onde comprávamos os jornais e revistas. E hoje, numa outra avenida, numa outra praia, num outro quiosque revivi o cheiro das folhas das revistas de banda desenhada que comprava todas as semanas. Devorava aquilo tudo...
E hoje comprei uma destas revistas que agora se lê. As personagens são as mesmas, o nome agora é outro: Comix... mas o cheiro... o cheiro das folhas é o mesmo! 

Ok, pensavam que me ia deixar ficar por um post insignificante, fútil e desprovido de carácter sexual? Não estão longe disso, em boa verdade. Este é mais ou menos como aquelas postagens fantásticas e facebookianas, em que a malta diz, fui à praia, estava um calor, comi uma sandoca e bebi uma bejeca, aproveitei para ir ao mar despejar as águas, apanhei sol o dia todo, e voltei teso e com os tomates a abanar porque ainda não consegui engatar a mamalhuda da rua de trás. 
Pronto, depois deste momento empolgante, rectifico e acrescento apenas o facto de que, na altura em que lá passava, no dito quiosque, jovem, imberbe, toalha debaixo do braço, boné, bola, calção e chinelos, era mais ao menos ao final da tarde, antes que todos regressassem a casa, e não era com uma bd, mas sim com uma daquelas revistas de cariz erótico-badalhoco, que me animava os fins de tarde e estimulava para o dia seguinte.
Que é?!!! Um rapaz não cresce com o avarento do tio Patinhas, nem com o panisgas do rato Mickey, muito menos com a cabra frígida da Minie... 

Até à próxima!









5 comentários:

  1. ganda zé! Continuação de boas férias:-)

    R.

    ResponderEliminar
  2. (então e a cabra da Margarida?! :b mas em compensação, a Clarabela amava o Pateta :)))

    beijocas, Zé.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ohhh, a Margarida até podia ser cabra, mas não era frígida, era apenas uma grande cabra!
      :)))

      Beijo, minha nAninha.

      Eliminar
  3. literatura que fez crescer tudo... literalmente :D
    Beijosss

    ResponderEliminar