segunda-feira, 18 de março de 2013

Milonga De Mi Amor





Sei que darei ao meu corpo os prazeres que ele me exigir. Vou usá-lo, desgastá-lo até ao limite suportável, para que a morte nada encontre de mim quando vier.” 
Al Berto


Porque gosto da musicalidade, dos ritmos, do som do acordeão, da dança, da luta dos corpos, da submissão e do poder.





68 comentários:

  1. Anónimo18.3.13

    shall we dance, my love?

    beijo ;)

    nAn

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vamos, metemo-nos no mustang, mudamos a rota e seguimos para Buenos Aires. :)))

      Eliminar
    2. Anónimo18.3.13

      ;))))))) que belos passos daríamos ;)

      nAn

      Eliminar
    3. Não tenho tanta certeza se seriam assim tão belos,ai início, mas aprendo rápido! :)))

      Eliminar
    4. Dá-lhe uns sapatos destes, podes pisá-la à vontade:

      http://chitchatbabel.files.wordpress.com/2010/04/professional_clog.jpg

      R.

      Eliminar
  2. Bom dia, my dear Zé!

    Boa música :)

    ResponderEliminar
  3. Bom dia, Zé.

    Gosto dos Gotan Project.

    R.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E bom dia a todos os que por aqui passarem.

      R.

      Eliminar
    2. Bom dia R., Malena. :)

      Eliminar
    3. Bom dia a todos os meninos e meninas ;)

      Eliminar
  4. Gostei. A foto é de Helmut Newton, certo?

    ResponderEliminar
  5. bom dia, muuuuuito mais feliz por saber daquela cabra que comentou ali em cima :))))))))))
    beijos a todos

    zééééééé,
    hoje estamos em sintonia
    (só o publiquei hoje, mas escrevi-o ontem)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem! ;)


      Confesso que gosto mais da tua, mas não ficava bem com esta postagem, é merecedora de palavras, mais e melhores. :)

      Eliminar
  6. E dançar numa tangueria em Buenos Aires? Para lá de fantástico...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para lá do maravilhoso.
      Se bem que, como não sei dançar tango, teria mais gozo ficar sentado a observar, o ambiente, os cheiros, o som, as cores, as pessoas, as vozes... para lá do fantástico!
      ;)

      Eliminar
    2. Aprende-se, como em tudo.

      Eu sou pé de chumbo, seria chato.

      R.

      Eliminar
    3. Não é preciso saber. Deixas-te levar pelo ritmo e pelo ambiente que te rodeia. Digo-o por experiência própria. :))

      Eliminar
    4. Bons dias meninos.
      Isso é como ir a Cuba e ir à Bodeguita. Obrigatório!

      E toda a gente sabe dançar tango. É agarrar nela, dominá-la, subjugá-la...
      e no final levá-la para o hotel e logo à saida, numa qualquer rua esconsa, fodê-la contra a parede...

      :)))

      Eliminar
    5. Pronto! Chegou o fodilhão! Tango, homem! Fala-se de tango!

      Eliminar
    6. Pro, minha querida, pro!
      Aulas à hora de almoço nos Alunos de Apolo!
      (agora um pouco enferrujado, já)

      E o Tango não é foda??? há lá alguma dança que melhor sugira isso????

      (e eu não sou fodilhão, que merda! apenas relato situações...) da-seeeeeeeeeeee!!!!!!!

      Eliminar
    7. Eh pá, boas festas lá! Algumas a acabar em porrada...

      R.

      Eliminar
    8. ahaha leão, adorei a descrição!
      era mesmo isso que tinha em mente ;)

      Eliminar
    9. Pronto... Eu ainda cheguei ao hotel... Era ao lado! ;)

      Eliminar
  7. por mim fico a vê-las dançar...

    ResponderEliminar
  8. Eu também adoro, acho super quente.
    Mas sem dúvida que prefiro ficar a ver, eu nem me atrevo a levantar da cadeira, eu tenho a graça e a delicadeza de um elefante adolescente.

    Beijos a todos,
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ficamos os dois a ver as meninas dançar enquanto estes convivas se pisam uns aos outros! :)

      Eliminar
    2. Lá não vês as meninas, vês o macho e a fêmea, e se dançares, sentes a tensão do desejo crescente que sentado nunca sentirás! Ser espectador apenas nem sempre é bom!

      Eliminar
    3. E o fodilhão sou eu...
      Tá bem, abelha!

      "a tensão do desejo crescente" do "macho e (d)a fêmea", acabam normalmente num churrasco, queres ver?!

      Eliminar
    4. ou duas femeas

      quem não se lembra DAQUELA cena do filme da frida khalo?............................

      Eliminar
    5. Sim LUSA, podem até ser dois homens, que era como era no início...

      (desde que um não seja eu...) :)))))

      Eliminar
    6. Confesso que para ver tanto me faz o sexo dos interveniemtes. Para agir prefiro um homem! Pronto...

      Eliminar
    7. uuhh, não me dêm ideias...
      ou então dêm, pronto.

      Eliminar
  9. foda-se adoro-vos caralho
    estou mesmo lamechosa
    bah!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Desculpa DiNorá, mas uma ténue dúvida me assaltou, até porque estive agora a consultar a Lei da limitação de mandatos e lá encontrei aquela "confusão" do "de" e do "da":
      "adoro-vos vírgula caralho", na terceira pessoa do plural (dizendo-nos que nos adoras de forma inequívoca),
      ou, de forma reverencial, "adoro-vos caralho", dirigindo-te ao membro sexual masculino?
      É que diariamente me deparo com incongruências destas e nada como esclarecer...

      :)))))))))))

      Eliminar
    2. Uma coisa não é exclusiva da outra.
      Adora-nos de forma inequívoca, afinal somos pessoas maravilhosas, e também adora (embora agora ande a descobrir alternativas) o membro sexual masculino, pois na verdade é isso que nos une gostamos de rir (uns com os outros) e de foder (cada um com quem quiser).

      Beijo a todos,
      Ana

      Eliminar
    3. Primo, inexoravelmente, estou contigo.
      Menina das notícias, confirma-se?!
      Será que é isso mesmo?
      Está a faltar com os sinais de pontuação, o que é grave e pode levar a diversas e erradas interpretações.
      "Foda-se! Adoro-vos, caralho! " - assim é que é!
      :))))

      Eliminar
    4. A opção da Ana é também verosímil.
      Apenas um reparo: cada um NÃO fode com quem quer; fode APENAS com que O quer... :))))))

      (q'uisto aqui não é a casa da mãe Joana) :))

      Eliminar
    5. Mas olha que há por ai muitas joanas.... ah pois é!
      :)))

      Eliminar
    6. Tens toda a razão, aqui é a casa do querido Zé.
      E tens razão também na tua observação e eu reformmulo.
      De entre todos os que me querem foder, eu escolho quem quero foder (e a amiga DN também)

      Está bem assim?

      Ana

      Eliminar
    7. É por senhas?

      :))))))))))))))))



      (primeiros!)

      Eliminar
    8. Leão, tu encontraste-me primeiro que estes meninos todos, já sabes que eu fodo sempre com o mesmo, foi ele que tirou a primeira senha à 17 anos atrás e até hoje só ele pica o ponto.

      Ana

      Eliminar
    9. Apenas para que fique esclarecido!
      Não vão estes lambões quererem afiambrar-se...

      (limpei-me bem?) :))))))

      Eliminar
    10. Limpaste-te muito bem.
      Mas eu também não me chateei, até porque estavamos a falar da amiga DN.

      Um beijo grande,
      Ana

      Eliminar
    11. eh lá... uma pessoa lá fora a viver e é esta rebaldaria à minha conta! gooooooooosto! ahahahahahahaha

      Eliminar
  10. Marquem lá a festa e vamos todos, uns dançam e os outros observam (para ver se aprendem alguma coisa).

    Beijo a todos,
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ana, não me parece, o pessoal anda para poucas festas... :((

      Eliminar
    2. Nuestros hermanos, mesmo com a crise, continuam nessa onda.

      R.

      Eliminar
    3. Fôssemos nós como eles e outro galo cantaria!

      Mas nós é FFF e não passamos daqui. :((

      Eliminar
    4. Eles não se ficam, isso é um facto. Seja na Função Pública, seja nas privadas. A multinacional para quem trabalho aqui em Espanha quis cortar salários e viu-se a braços com uma paragem total dos colaboradores. Recuaram na decisão.

      R.

      Eliminar
    5. Olha que não sei, certamente continuam nessa onda porque ainda não acordaram, e quando o fizerem, talvez seja tarde.

      Eliminar
    6. Eh pá, agora perdeste-me.

      R.

      Eliminar
    7. São países de dimensões diferentes, nós continuamos um condado, dali saímos e ali voltamos. A força de 10 é diferente da de 10000, daí que os resultados possam ser diferentes, e antes sejam, mas há muitos que voltam, e que dizem que a vida corre mal.

      Eliminar
    8. Sabes que noto a mesma forma de lutar pelas coisas, mesmo ao nível individual (falo claro do local onde me encontro). Tenho colegas que falam directamente com as chefias se as coisas não estão bem, e não desistem até que consigam o que querem, ou então procuram outro poiso.

      R.

      Eliminar
    9. Meus caros, eu sou apologista do infanticídio!
      Se a mãe do D. Henrique o tem metido num caldeirão de água a ferver,
      nada disto tinha acontecido e hoje éramos mais uma província de Espanha.
      Vão lá perguntar aos gajos de Olivença se querem ser portugueses...

      Eliminar
    10. Ou então, o inverso:se em vez de alargamos além mares, tivéssemos alargado para norte e este, tínhamos tomado o resto e éramos a península toda.

      Eliminar
    11. Tadinhos dos espanhóis...

      Já viste esta gente toda com o mesmo fado? :))

      Eliminar
    12. Tadinhos é de nós, já nos viste a aturar as espanholas que falam alto com'ó caralho, e a bater os tacões e as castanholas a toda a hora...livra!!

      Eliminar
    13. Há 4 semanas consecutivas que levo com voos de Madrid para Lisboa de despedidas de solteira. Aí sim queixavas-te.

      R.

      Eliminar
    14. Hhehehehehe, é o karma, como elas dizem. Cada um tem o seu, companheiro.
      :))

      Eliminar
    15. Devo ter feito muito mal a alguém. Ninguém merece isso.

      R.

      Eliminar
    16. Mete uns phones!
      hehehehe

      Eliminar
  11. http://www.youtube.com/watch?v=oO2h5_ev5Oc

    ResponderEliminar
  12. Gostei muito deste post.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  13. ps - faltava a pontuação, sim. mas, como são todos meninos e meninas para lá de inteligentes, todos perceberam onde queria chegar. chega de virgulas? posso sempre acrescentar mais algumas!

    Leãozinho sem pêlo mas com juba (:P)
    nunca me ocorreu tratar por vós o caralho, muito menos adorá-lo, no sentido reverencial do termo. mas nunca se sabe! ahahah até porque um caralho, normalmente, não me deixa lamechas (apesar de causar um outro tipo de humidades e encharcamento, é certo ;) e, para que não restem dúvidas: adoro-vos, de forma inequívoca.

    Aninhas,
    marca a festa (ou o café) que eu alinho :))))

    ResponderEliminar