sexta-feira, 5 de abril de 2013

As coisas que nunca se entenderão - II



“When I was a kid I used to pray every night for a new bicycle.
Then I realised God doesn’t work that way, so I stole
one and prayed for forgiveness.”

Emo Philips



E eu gostava de ter uma mulher, uma esposa, de chegar a casa e de ter um corpo feminino à minha espera. Não que peça todos os dias para que isso aconteça, e em boa verdade, nem sequer penso muito nisso. Por essa razão vi que as coisas não funcionam exactamente dessa forma,  e, foi então que, comecei a foder a mulher do vizinho. 
Também ainda não peço por perdão, talvez um o dia o faça, e talvez um dia me arrependa. Mas por enquanto, rezo para que ela me abra a porta sempre que assim o entenda e a procure.






16 comentários:

  1. Primaço, e se o vizinho não se importar?!
    Ele às vezes a sorte bate-nos à porta...

    (era menos uma com que o tal de deus teria que se preocupar) :))))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Primo, não sei, mas francamente não me parece que seja dos que joga na tua equipa. De qualquer forma, não há muito por onde preocupar, o homem está ausente. ;)

      Eliminar
  2. Quando (e se tiver que acontecer) acontecerá. Don't worry, be happy :-)

    R.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, sim! Acontece! :))))))

      Eliminar
    2. Concordo com o R.!

      Mas juizinhoooooooo!

      Eliminar
  3. És uma alma caridosa e ainda queres pedir desculpas por isso????
    :)))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora aqui está uma alma que me entende!
      Limito-me a aconchegar e acabar com a carência da senhora, sozinha, abandonada...
      Foda-se Kapa, obrigado! :)))

      Eliminar
  4. Olá a todos :)

    Oh Zé tu só fazes bem :) a senhora pode até estar a precisar de miminhos :))

    ResponderEliminar
  5. Bjs e abraços, meninas e meninos. Vou, bom fim de semana :-)

    R.

    ResponderEliminar
  6. O que for, será!

    Boa tarde.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Fazes assim, primo:
    Quando o gajo vier, metes-te com ele e dizes-lhe "ahn, tanto tempo fora, deves ter comido uma data de gajas por lá"... e tal.
    Depois de duas bejecas o gajo já admite que comeu meio mundo lá por onde esteve (há gajos assim, gabarolas e tolos) mesmo que só se tenha consolado com punhetas.
    Depois, a matar, pergunta fatal: "e se ela te tivesse feito o mesmo?" pergunta o meu primo, com um ar inocente..."não é que eu tenha nada a ver com isso, mas ela teria o mesmo direito que tu", carrega o primaço fixando o gajo bem no fundo dos olhos.
    Meia dúzia de Bocks depois, estão os três no sofá da sala!
    Afinfa-lhe primo!

    :)))))))))))

    ResponderEliminar
  8. Cuidado Mr. Zé. Nunca desejes a vizinha do sexto esquerdo. Entre a sua voluptuosidade esconde um segredo para o qual não estás preparado... :))))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mau!
      Esta é do 2º direito.
      Mas agora... ai... agora fiquei curioso com a do 6º esquerdo.
      :))
      Deveras...

      Eliminar